Outra personagem que sabe muito bem o que é sofrer na trama global é a coitada da Zefa, que está sempre passando por algum tipo de humilhação. E nos próximos capítulos isso não será diferente, pois ela sofrerá as piores das humilhações nas mãos de Severo, seu grande protegido.

Zefa sairá em defesa de Edgar, que enfrentará o pai e ficará prestes a levar uma surra, porém será impedido por ela, que deixará todos surpresos com sua atitude.

“Nunca mais levante a sua mão para bater em um filho meu, Severo! Nunca mais! É isso mesmo! Chega! ”, gritará ela, deixando Severo extremamente irritado e prestes a agredi-la. Os dois se olharam firmemente e Edgar tentará proteger a mãe, mas ela pedirá para que ele se afaste.

“Zefa, pode deixar que eu sei muito bem me defender”, afirmará ele.

“Você não sabe se defender não, meu filho, nem eu sei. Severo sempre conseguiu calar todo mundo aqui, nunca ninguém teve direito de ter voz, agora acabou, chega! Eu sempre fiz de tudo por essa família. Mas de nada adiantou, você conseguiu derrubar todo mundo aqui”, disparará ela.

“Zefa, você tá maluca? Veja bem o que você está falando”, ordenará ele. “Acha que é só você que importa nessa vida, que só você presta, que nada nem ninguém é bom o suficiente pra Doutor Severo Athayde! Eu e dona Claudine lhe demos o amor maior do mundo, um amor capaz de ceder, de dividir, de perdoar…”, lamentará ela.

“Mas isso você nunca vai saber entender, você nunca amou ninguém de verdade. Você nunca soube dar valor a ninguém, nunca soube dar amor, nem pra mim, nem pra ela, nem mesmo pros seus próprios filhos e netos! Edgar tem toda razão, você não tem sentimentos”, desabafará ela, chorando muito.

Todos ficarão em choque e emocionados com o desabafo de Zefa, mas Severo a chamará para o escritório, porém ninguém permitirá que ela vá.

Será nesse momento que Zefa continuará batendo de frente com o ex-ricaço: “De uma coisa eu me arrependo muito nessa vida, de ter visto você sendo cruel com Roberval e Edgar de todos os jeitos e nunca ter feito nada pra impedir”.

Para finalizar, Zefa falará: “Você é a razão de tudo estar errado nessa família, mas agora chega”. Com muita raiva de tudo que escutou de sua fiel empregada, Severo a surpreenderá: “Arrume suas coisas, pois você está demitida! ”.

Chorando muito, ela retrucará: “Nem me paga mais salário, que diferença isso faz?!”.

“O senhor não pode demitir minha mãe, seu louco! ”, dirá Edgar, que tentará partir para cima do pai, mas será impedido pela esposa. Nesse momento, Severo começará a passar muito mal e falará: “Sustentei vocês esses anos todos pra ouvir esse tipo de coisa?! Está vendo o que seu descontrole me causou, Zefa? Eu não mereço ter uma família assim, são um bando de gentinha, de inúteis”.

“Vocês são ingratos! Eu nunca deixei faltar nada dentro dessa casa. Gentalha! Só podia ser filho de uma empregada”, continuará Severo.

“Eu acho que ele tá tendo um ataque do coração”, notará Manu. “Tá é nada…. Ele não tem coração pra isso”, retrucará Edgar. “Parem, chega, ela está passando mal”, defenderá Zefa.

Ela então irá tirar um remédio do bolso e colocará embaixo da língua de Severo, falando: “Sente-se aqui e respire fundo, Severo, fique calmo! ”.

Todos ali ficarão assustados ao verem Zefa cuidando com tanto carinho do homem que a humilhou durante toda a vida.

A cena descrita acima irá ao ar no dia 4 de setembro e poderá sofrer algumas alterações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here